domingo, 24 de junho de 2012

Lazer e Cultura

Olá gente!
Hoje quero compartilhar com vocês de momentos alegres e descontraídos... momentos de descanso e diversão.
Tenho vivido em meio a uma correria, parece que os dias são mais curtos do que imagino, a semana passa voando... mas em meio a tudo isso sempre haverá uma oportunidade de parar e descobrir a beleza da vida, de parar e respirar outros ares, de aproveitar os eventos que acontecem a minha volta.
Ontem, junto com meu querido noivo Edimar, por exemplo, pudemos prestigiar algumas apresentações do Fit - Festival Internacional de Teatro, que aconteceram no Parque Municipal.
Mas no passar dos dias outras coisas aconteceram, então, deixo aqui algumas fotinhas das coisas boas da vida...


Palhaços à Vista




Passeio no Shopping


Passeio no Parque

Um grande abraço.
Até a próxima!
Jaque

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Chá na Roça


Olá gente!
É com muita alegria que venho fazer este post pro cês...
Sábado, 16 de julho foi o nosso Chá de Casa, ou melhor o nosso Chá na Roça, isso mesmo, ao invés de um chá tradicional, optamos em fazer uma festa com o tema caipira. Foi uma linda noite de muita festa e alegria, onde recebemos amigos, demos risadas, ganhamos presentes...
Agora compartilho co cês as fotinhas da festa. Divirtam-se!


O Casal 



A Decoração








A Diversão








Os Casais Mais Chic's Da Festa 








Espero que tenham gostado...

Um grande abraço
Jaque

terça-feira, 12 de junho de 2012

Dia dos Namorados

Este é o dia em que muitos irão fazer homenagens e declarações, dia em que outros irão reclamar por ainda não terem encontrado a sua cara metade... enfim,  tanto este como os outros dias são oportunidades de expressarmos o amor a quem amamos.
E hoje expresso o meu amor ao meu querido noivo Edimar, aquele que me cativou e me conquista a cada dia, e hoje celebramos juntos o nosso primeiro dia dos namorados, o primeiro de muitos.
 Te amo meu amor!



E pra encerrar deixo aqui as palavras de Andrew Gamberini, extraído do livro Outono de Sonhos:

"Poderia escrever sobre o tempo, ou sobre as ondas que sussurram sua força às pedras. Poderia falar sobre o céu, dos desenhos vagos e com sentido feito pelas nuvens, ou quem sabe sobre o cantar dos pássaros que sobrevoam pelos parques, expressando a alegria de estarem vivos, trazendo som a um mundo tão silencioso. Poderia falar de tantas coisas que pernoitam meus pensamentos, e me levam tantas vezes à lugares distantes, que duram apenas ao abrir dos meus olhos, que me trazem a dura realidade de que nada em minha vida mudou. Mas resolvi expressar sobre o que o amor é, e o que ele faz na mente de um homem mortal como eu.
( ... )  Sei que o amor poderia ser dito por muitas variações e expressões, e em cada um provoca uma reação e uma nova conclusão. Cada um terá certamente a sua. A minha? Eu tenho, que o amor é o que causa reações pelas ações, que ele não se explica, ele se vive." 

Um grande abraço
Jaque